quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Caiu alguma coisa

Ao ouvir um forte estrondo, a mulher de Nasrudin saiu correndo até o quarto.

"Não precisa se preocupar", disse o Mullá, "foi apenas o meu manto que caiu no chão."

"O quê? e fez um barulho desses?"

"Sim, é que na hora eu estava dentro dele."

O HOMEM CUJA HISTÓRIA ERA INESPLICÁVEL

Era uma vez um homem chamado Mojud. Ele vivia numa cidade onde havia conseguido um emprego como pequeno funcionário público, e tudo levava...