De costas

Nasrudin foi procurado por alguns estudantes que lhe pediram permissão para ouvir suas lições. Ele a concedeu a permissão e seguiram todos caminhando atrás do Mullá, que por sua vez montara seu burrico de frente para a cauda do animal.

As pessoas ficaram confusas e pensaram que Nasrudin estava louco e os estudantes atrás dele, ainda mais loucos. Afinal, quem é que segue um sujeito montado de costas num burro.

Não demorou para que os estudantes se sentissem constrangidos e disseram ao Mullá:

"Ó Mullá, as pessoas astão nos olhando, por que você monta o burrico desse jeito?"

Nasrudin franziu as sobrancelhas e disse:

"Vocês estão mais preocupados no que acham as pessoas do que naquilo que estamos fazendo. Portanto, vou explicá-lo a vocês: se andassem na minha frente, estariam de costas para mim e isso seria desrespeitoso comigo; se eu segui-se na frente, montado no burro de costas para vocês, seria desrespeito com vocês. Este é o unico jeito de fazê-lo."

Postagens mais visitadas deste blog

O Cavalo Mágico

O ELEMENTO INESPERADO

O Mestre da Opção