Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Os papéis do homem

"Irmão", disse Nasrudin a um vizinho, "estou fazendo uma coleta para pagar a dívida de um pobre homem que não pode cumprir suas obrigações."

"Lindo gesto", disse o homem, e deu-lhe uma contribuição. "Quem é esse homem Hodja?"
"Eu", disse o Mullá enquanto se afastava rapidamente.
Algumas semanas depois, lá estava ele novamente batendo à porta do vizinho.
"Imagino que você tenha vindo por causa de uma dívida", disse o homem sinicamente.
"É isso mesmo", disse Nasrudin.
"Suponho que alguém não pode pagar uma dívida e que você queria uma contribuição..."
"Não dessa vez."
"Ah, estou feliz por ouvir isso! Tome esta moeda."
"Uma pergunta, Nasrudin, o que é que mobiliza seus sentimentos humanitários nesse caso em particular?"
"Bem, é que eu sou o credor."


Acho que você está com a razão!

Nasrudin foi empossado como juiz. Durante seu primeiro caso, o queixoso argumentou tão persuasivamente, que ele exclamou:
"Acho que você tem razão"
O funcionário do tribunal rogou-lhe que se contivesse, pois o acusado ainda não havia sido ouvido.
O Mullá ficou tão envolvido pela elouquência do acusado, que assim que o homem terminara de expor suas evidências, disse:
"Acho que você tem razão"
O funcionário do tribunal não podia permitir que isso acontecesse.
"Excelência, não dá para os dois terem razão"
"Acho que você tem razão!", disse Nasrudin



Lecciones de flauta

Hodja siempre queria aprender algo nuevo, entonces un dia el tuvo la subita inspiracion de aprender a tocar la flauta.

Asi fue a un maestro de musica y le pregunto:

''Cuanto cobra por lecciones privadas de flauta?''

''Tres piezas de oro el primer mes, y luego una pieza por mes.''

''Oh! Muy bien. Entonces empezamos por el segundo mes''.