Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

Mais útil

Nasrudin entrou na casa de chá proclamando:

"A Lua é mais útil que o Sol."

"Por quê Mullá?"

"Precisamos de mais luz durante a noite que durante o dia."

A soberania do mar

Imponentes, as ondas chocavam-se contra o rochedo, com suas curvas do mais profundo azul, explodindo numa espuma de brancura inigualável. Pela primeira vez na vida, Nasrudin vislumbrava esta paisagem e, por um momento, sentiu-se completamente dominado. Então, foi à beira-mar e, com as mãos em concha, pegou um gole daquela água para provar. "Pois sim", disse o Mullá, "e pensar que uma coisa com tais pretensões não é digna de se beber."

Você não levou em conta

"Se ninguém disser qualquer coisa para me entreter", bradou um rei tirânico e já maltratado pela idade, "cortarei a cabeça de todos os cortesãos."
Imediatamente, Nasrudin deu um passo à frente.
"Majestade, não me corte a cabeça. Farei alguma coisa."
"E o que podes fazer?"
"Eu posso... ensinar um asno a ler e escrever!"
"É melhor fazê-lo, ou te esfolarei vivo", disse o rei.
"Vou fazê-lo", disse Nasrudin, "mas isto me tomará dez ano!"
"Muito bem", disse o rei, "concedo-te os dez anos."
Assim que o rei se retirou, Nasrudin foi cercado pelos nobres da corte.
"Mullá, é verdade mesmo que você pode ensinar um asno a ler e escrever?"
"Não", respondeu Nasrudin.
"Então", disse o mais sábio dos cortesãos, "você acaba de inaugurar uma década de tensão e ansiedade, pois certamente será condenado à morte. Oh, que loucura! Preferir dez anos de sofrimento e contemplação da morte…

Percebe o que quero dizer?

Nasrudin esparramava punhados de migalhas em volta de sua casa.
"O que você está fazendo Mullá?"
"Afugentando os tigres."
"Mas por aqui não há tigres!"
"Viu só como funciona!"