Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

FIGOS E NÃO ABÓBORAS

Nasrudin havia colhido algumas abóboras em sua horta e pensou em levá-las de presente ao rei Tamerlão.

Um 'amigo' seu, que gostava de brincadeiras de mau-gosto, ao saber das intenções de Mullá, sugeriu que ele levasse figos ao invés de abóboras, 'pois sabia que Tamerlão odiava figos'.

Nasrudin aceitou a sugestão e, com uma bolsa cheia de figos foi visitar o Rei.

"O que você traz ai?", perguntou intrigado Tamerlão, ao ver o Nasrudin entrar no recinto com seu presente.

"Ó Alteza!", exclamou o Mullá curvando-se na presença do rei. "trago-vos um presente que certamente vos agradará".


Ao abrir a sacola e ver os figos, Tamerlão ficou colérico.

"Que brincadeira é esta? Guardas, atirem estes figos horrorosos na cabeça desse homem!"

Imediatamente os figos foram acertando a cabeça do Nasrudin e, a cada vez o Mullá erguia os braços e agradecia a Deus.

Surpreendido, o rei perguntou, "Mullá, o que você está agradecendo?  


"Ó meu senhor,…

SE AO MENOS...

Nasrudin caminhava ao lado de um discípulo quando viu, pela primeira vez na vida, uma linda paisagem refletida em um lago. “Que maravilha! Mas, se ao menos...” “Se ao menos o que Mullá?” perguntou o discípulo. “Se ao menos não tivessem colocado água no lago”.

Histórias de Nasrudin (Ed. Dervish)

LIÇÕES DE FLAUTA

Nasrudin sempre queria aprender algo novo, então um dia ele teve pensou em aprender a tocar flauta. 
Assim foi a um professor de música e perguntou-lhe: "Quanto cobra por lições de flauta"?
"Três peças de ouro o primeiro mês e depois uma peça por mês".
"Oh! muito bem", exclamou Nasrudim. "Então começaremos pelo segundo mês".