O REI FALOU COMIGO

Nasrudin retornou da capital imperial, os cidadãos do vilarejo juntaram-se a sua volta para ouvir o que tinha a dizer.

"Serei breve", disse o Mullá, "e concentrarei minhas observações sobre o ensejo na simples afirmação de que o meu maior momento foi quando o rei falou comigo."  

Estupefatos diante de tal prodígio e inebriados pelos reflexos de tamanha glória, a maior parte dos cidadãos debandou e pôs-se a caminho, discutindo aquele maravilhoso acontecimento.

No entanto, o menos sofisticado de todos aqueles camponeses permaneceu por ali, e perguntou: "E o que disse Sua Majestade?"

"Estava do lado de fora do palácio, quando ele apareceu e falou comigo, em alto e bom som, para quem quisesse ouvir: 'Saia do meu caminho!'"

O simplório camponês deu-se por satisfeito. Agora, tinha escutado, com seus próprios ouvidos, as palavras que, de fato, foram proferidas por um rei.         


Postagens mais visitadas deste blog

O Cavalo Mágico

O ELEMENTO INESPERADO

O Mestre da Opção