ISSO TAMBÉM PASSARÁ

Era uma vez, em um país não muito distante daqui, havia um rei poderoso, governante de muitos domínios. Mas, ele sentia-se um pouco confuso... Então chamou os sábios do reino e disse: "Embora eu não saiba o motivo, algo me impele a buscar algo que me dê força e equilíbrio”.

Os sábios ficaram sem entender o significava das palavras do rei e foram se aconselhar com um Sufi.

Depois de escutar atentamente o que os sábios lhe disseram, o Sufi tirou um anel do dedo e disse:  "Entregue esse anel ao rei, sob a pedra do anel há uma mensagem oculta que não deve ser lida por curiosidade apenas, pois assim perderá o seu significado. somente deve ser lida em situação de verdadeira necessidade; quando o momento for de desespero, impossível de ser tolerado. Quando houver confusão total, indefeso, sem saída."

O Rei recebeu o anel e ouviu atentamente as instruções transmitida aos sábios.

Certo dia houve uma rebelião naquele reino e o castelo foi tomado pelos inimigos do rei. Não lhe restou alternativa a não ser fugir para salvar sua vida, pois se fosse capturado, certamente seria morto.

Com o país tomado pelos inimigos. Muitos momentos ele esteve no limiar de tirar a pedra e ler a mensagem, mas achava que ainda não era o fim, ele estava vivo. Mesmo que o reino estivesse sob domínio, poderia ser recuperado algum dia.

Os rebeldes perseguiram o rei, ele podia ouvir o barulho dos cascos dos cavalos ao tocar nas pedras, chegavam cada vez mais perto. O rei continuou fugindo, enquanto muitos dos seus companheiros foram capturados e ficaram para traz; o seu cavalo morreu, o rei fugia a pé e sozinho; os seus pés sangravam. Ele tinha muita fome, sede e frio. O inimigo se aproximava cada vez mais; ele subiu por um caminho entre as pedras, chegando ao cume da montanha, um lugar sem saída. Não havia caminho à frente, pois havia um abismo e não seria possível escapar pulando, seria morte certa; também não era possível voltar, o inimigo estava cada vez mais perto; parecia não haver saída. Ele sentiu que o inimigo se aproximando e decidiu pular do penhasco, foi quando viu dois leões famintos e ferozes que vinham na sua direção e o olhavam fixamente. Não havia mais tempo, esses seriam os seus últimos momentos com vida. Então, ele lembrou-se do anel, abriu-o e olhou, por trás da pedra havia a seguinte mensagem: "ISTO TAMBÉM PASSARÁ"

De súbito, ele percebeu que todas as suas dificuldades se dissiparam. Aconteceu um grande silêncio. O inimigo foi em outra direção, afastando-se cada vez mais. O rei então decidiu deitar-se e descansar um pouco, pois ele estava muito cansado e dormiu um bom tempo. Quando ele acordou começou a voltar em direção do seu castelo e a medida que retornava tomou consciência que o seu exercito havia controlado a rebelião e derrotado o inimigo. Chegando ao castelo ele viu que ainda era o Rei.

Nos dias que se seguiram houve grande júbilo, festas e celebrações por todo reino. O povo estava feliz, cantava e dançava nas ruas, iluminadas por milhões de luzes coloridas. O rei sentia-se muito feliz; seu coração batia acelerado e ele pensava que poderia morrer de tanta excitação; de repente ele lembrou-se do anel, abriu-o e lá estava a frase: "ISTO TAMBÉM PASSARÁ"... Ele sorriu, pois sentia uma "felicidade tranquila" e governou por muitos anos com equilíbrio.  


Contos de sabedoria 

Postagens mais visitadas deste blog

O Cavalo Mágico

O ELEMENTO INESPERADO

O Mestre da Opção